Vereador sugere alteração de endereço da Brigada Militar

por Assessoria Legislativa publicado 13/03/2018 11h15, última modificação 13/03/2018 11h12
Através da Indicação de Projeto de Lei n° 01/2018, o vereador Valmor da Rocha sugere ao Executivo a cedência de uma sala a Brigada Militar.
Vereador sugere alteração de endereço da Brigada Militar

Vereador Valmor, proponente

Através da Indicação de Projeto de Lei n° 01/2018, o vereador Valmor da Rocha sugere ao Executivo a cedência de uma sala a Brigada Militar, por meio de convênio com o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, por intermédio da Secretaria de Segurança Pública, preferencialmente na área central, entre a Travessa Santa Luiza e a Rótula da Santa Clara. Da Rocha sugere a utilização do imóvel da antiga Câmara de Vereadores, hoje de propriedade do Município.

Para o vereador, a alteração de endereço é importante para coibir ações de infratores e “manter mais respeito”. Além de não pagar mais aluguel, o local seria de fácil acesso aos bairros. Valmor comentou ainda que poderia se pensar em construir um local para a Brigada com o auxílio da iniciativa privada.

Durante a discussão da matéria, o vereador Denir Gedoz menciona que o imóvel sugerido necessita de reforma para poder ser utilizado, no entanto, acredita que é interessante pensar em um local central para a Brigada.

Já o vereador Luciano Baroni, acredita que a Brigada não necessita de uma sede na área central, pois sua função é o policiamento na rua, sendo o que mais importa para a questão da segurança, no entanto, falta efetivo para isso. Comentou ainda, que depois das 18 horas ninguém fica na sede, o brigadiano que ficaria para atender o telefone necessita realizar policiamento, atendendo as chamadas através do 156 no celular.

O vereador Fabio Dolzan, acredita que a sugestão é válida para reduzir os custos com aluguéis. E sobre o imóvel da antiga Câmara de Vereadores afirma que de qualquer forma, para ser utilizado, precisa ser reformado, então defende que seja realizado o quanto antes.

Para a vereadora Maria Rosalia, a localização central poderá apresentar problemas de deslocamento, em dias de eventos, por exemplo, quando as ruas são bloqueadas. Acredita que o mais importante é um efetivo maior.

A Indicação de Projeto de Lei se configura em uma sugestão e cabe ao Executivo verificar a possibilidade de retorná-la em forma de projeto de lei.

Texto: Denise Zwirtes/Assessora Legislativa.

Foto: Joseane Longo/Técnica Legislativa.