Diversos temas discutidos durante o uso da tribuna

por Assessoria Legislativa publicado 25/04/2018 09h59, última modificação 25/04/2018 09h59
Quatro vereadores fizeram o uso da tribuna durante a sessão dessa segunda, 23, Lenice Sberce Nery, Denir Gedoz, Luciano Baroni e Jurandir Bondan.
Diversos temas discutidos durante o uso da tribuna

Na tribuna

A vereadora suplente Lenice Sberce Nery explanou a respeito da interdição do Centro Obstétrico São Roque. Lenice comenta que conversou com alguns obstetras e eles relataram supresa pelo fechamento da maternidade em Carlos Barbosa, pois em 2013 houve uma notificação da Vigilância Sanitária, no entanto as alterações apontadas foram realizadas.

Hoje, as gestantes de Carlos Barbosa, precisam procurar outros municípios, então imaginemos, que aquela gestante que fez os nove meses de acompanhamento com seu obstetra, vai ter que procurar um hospital da região para ter seu bebê com um médico que ela não conhece, com uma equipe que ela não conhece, em um hospital que ela não conhece.”, afirmou Lenice sobre o problema enfrentado pelas gestantes.

A suplente questionou: por que aconteceu isso somente no Hospital São Roque, o que há de diferente em relação aos demais municípios?

Por fim, realizou uma comparação afirmando que o Governo do Prefeito Irani possuía outra visão sobre a saúde.

A tribuna recebeu o aparte dos vereadores Maria Rosalia Freitag Cousseau, Denir Gedoz, Luciano Baroni, Ari O. Battisti, Fabio Dolzan, Jurandir Bondan e Lucilene Marchi.

Assista a tribuna:

Ao utilizar o espaço o vereador Luciano Baroni explanou a respeito da manifestação do vereador Enio Grolli, na semana passada, quando apontou que o Ex-Subprefeito de Arcoverde havia sofrido um 'boicote' por parte de alguns setores da Prefeitura. “É notório que pessoas, forças ocultas, há algum tempo vem forçando uma situação para que o PMDB e o PDT entrem em rota de colisão”, afirmou Baroni. Para o vereador a eficiência do atual governo têm gerado essa situação.

O vereador citou os dados de uma planilha que enumera os serviços realizados pela Subprefeitura de Arcoverde, que possui datas, horário de trabalho e assinatura dos servidores. “Não houve nenhum problema grave para o uso de um termo tão forte quanto o boicote”, enfatiza Baroni, que continua “o que me chama atenção é que em nenhum momento o Subprefeito procurou as pessoas responsáveis [para relatar as dificuldades]”.

Os vereadores Enio Grolli, Jurandir Bondan, Fabio Dolzan e Ari O.Battisti realizaram apartes.

Acompanhe a tribuna:

Em seguida, o vereador Denir Gedoz deu continuidade ao assunto abordado por Baroni, a respeito das manifestações do vereador Grolli, na semana passada.

Segundo Denir, os levantamentos demonstram que haviam equipamentos disponíveis e que diversos serviços foram realizados na subprefeitura de Arcoverde. “As máquinas saíram do pátio”, afirma Denir que acrescenta “só se ele [ex-Subprefeito] não esteve presente e não conferiu as planilhas”.

Gedoz citou ainda os dias em que os maquinários foram utilizados para realização de serviços na comunidade e região e os números de materiais utilizados pela Secretaria de Agricultura, como brita, marroado, entre outros.

E sobre as colocações realizadas pelo vereador Enio Grolli na semana passada acredita que “alguém está instigando isso”.

A tribuna recebeu o aparte dos vereadores Enio Grolli, Luciano Baroni, Maria Rosalia Fritag Cousseau, Jurandir Bondan e Ari O. Battisti.

Confira a tribuna:

Por último, o vereador suplente Jurandir Bondan fez uso da tribuna para mencionar algumas demandas do município:

- Recolocação dos paralelepípedos, nos locais em que há manutenção, pois ficam soltos e logo é preciso realizar nova intervenção;

- Instalação de um corrimão nas ruas Nossa Senhora dos Navegantes e Nova Prata no bairro Vila Nova;

- Na rua 21 de Abril, ao realizar uma manutenção da via, os paralelepípedos foram depositados no local destinado a calçada;

- Providências nas ruas em que há água parada, quando chove;

- Finalização do calçamento na Rua Independência e Rua 21 de Abril.

Entre outras demandas,

Apontou a falta de proteção individual na obra de reforma realizada nas Escolas Infantis Recanto e Toquinho de Gente, e o fácil acesso à obra da escola de tempo integral que está sendo construída no bairro Vila Nova.

Jurandir apresentou algumas imagens que mostram árvores, entulhos, no local destinado a calçada, bem como, calçadas que necessitam de manutenção ou limpeza, como na Rua Ver. Ubaldo Baldasso (do Ginásio Municipal), na Av. Presidente Kennedy, nos locais próximos a Irwin e a Rodoviária, no bairro Triângulo próximo a Escola Infantil Criança Feliz, e no bairro Vila Nova.

Ao apresentar essas demandas, Jurandir afirma que faz também uma crítica aos munícipes, “a população entende que a calçada é uma extensão de seu terreno, para colocar lenha, material de construção, carro”, comenta o vereador.

Realizaram apartes os vereadores Denir Gedoz, Fabio Dolzan, Ari O. Battisti, Luciano Baroni e Maria Rosalia Freitag Cousseau.

Assista a tribuna:

As tribunas estão disponíveis em nosso canal do YouTube e na Galeria de Vídeos.

Assista aqui a sessão na íntegra.

Acesse aqui o álbum de fotos.